Notícias > Consulta pública da Estratégia Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Consulta pública da Estratégia Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar


Até 29 de Setembro, está em consulta pública (ver link abaixo) a Estratégia Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar (Encda) e o Plano de Acção de Combate ao Desperdício Alimentar (Pacda), desenvolvidos a partir do trabalho das várias entidades que compõem a Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar (Cncda). A  visão desta estratégia nacional e do plano é «combater o desperdício alimentar, uma responsabilidade partilhada do produtor ao consumidor».

A Cncda foi constituída em Novembro de 2016 e visa «promover a redução do desperdício alimentar através de uma abordagem integrada e multidisciplinar». A comissão abrange 18 entidades, das quais 15 são organismos da administração pública de nove áreas governativas diferentes.

De acordo com comunicado do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, «o desperdício alimentar constitui uma preocupação crescente ao nível mundial, tendo representado uma prioridade pública e política nos últimos anos».

É ainda explicado que o desperdício ocorre «em toda a cadeia de abastecimento alimentar: durante a produção, transformação e distribuição, nas lojas, nos restaurantes, nos estabelecimentos que fornecem géneros alimentícios preparados e nos domicílios».

O Ministério considera ainda que «a sua quantificação e a definição de estratégias de combate ao desperdício constitui um desafio complexo».


http://www.portugal.gov.pt/pt/consultas-publicas/consultas-legistativas-curso/20170803-mafdr-desperdicio-alimentar.aspx



Fonte: Frutas, Legumes e Flores

 
 
10-08-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares