Notícias > Aumento na oferta de leite mundial pressiona preços
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Aumento na oferta de leite mundial pressiona preços


O último leilão Global Dairy Trade (GDT), realizado nesta terça-feira (19/12), voltou a apresentar variação negativa no preço médio.

Essa queda, de 3,9%, foi a segunda maior variação negativa do ano e trouxe o preço médio para US$ 2,969/tonelada.

Nesse leilão, todos os produtos desvalorizaram. Os queijos foram os que apresentaram a maior variação negativa, fechando em US$ 3.389/tonelada (-7,9%).

Os leites em pó também perderam força ao cair 4,8%, o desnatado fechou em US$ 1.675/tonelada, enquanto o inteiro teve a menor queda relativa (-2,5%), e fechou a US$ 2.755/tonelada.

Historicamente valorizada ao longo do ano, a manteiga apresentou a menor queda entre os produtos, de 2,3%, e seu preço fechou o leilão em US$ 4.474/tonelada.

A oferta mundial de leite vem em crescimento sólido, especialmente no segundo semestre.

Em novembro, ao compararmos 2017 com 2016, a produção neozelandesa foi 3,4% maior, mostrando que o país deve ter uma época mais robusta neste ano. Enquanto os dados de outubro (2017 vs. 2016) mostram aumento de 5% na produção da União Europeia, e 1,4% nos EUA.

Assim, os contratos futuros de leite em pó apresentaram mais uma variação negativa em todos os meses negociados, após uma alta em quase todos os meses no leilão anterior.






Fonte: Tecnoalimentar / Milkpoint

 
 
22-12-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares