Notícias > Famílias investem cerca de 20% do rendimento em alimentação
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Famílias investem cerca de 20% do rendimento em alimentação


O investimento das famílias portuguesas em alimentação diminuiu drasticamente nas últimas décadas. Ora, se nos anos 60 um agregado familiar gastava cerca de 60% do seu rendimento em comida, atualmente despende muito menos. “Hoje em dia, nem chega aos 20%”, frisou Jorge Jordão, Presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, representante dos supermercados Pingo Doce na APED,  esta terça-feira, dia 6 de março, num debate promovido pela  FIPA (Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares), integrado na sua conferência anual que decorreu em Lisboa.


Esta redução do valor gasto pelas famílias em alimentação leva a uma dieta mais pobre, defende, por outro lado,  Pedro Graça, Diretor do Programa Nacional de Promoção da Alimentação, já que “bons alimentos” não estão acessíveis a todas as bolsas. “Com a alimentação no centro dos comportamentos saudáveis, os consumidores querem bons alimentos, mas nem todas as pessoas podem pagar. Valorizamos muito a alimentação, mas também desvalorizamos o preço. Produzir alimentos bons tem um custo e nem toda a gente pode comer bem”.





Fonte: Hipersuper

 
 
08-03-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares