Notícias > Cooperativa dos Frutos Silvestres pede à Distribuição para valorizar produção nacional
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Cooperativa dos Frutos Silvestres pede à Distribuição para valorizar produção nacional


A Cooperativa Capital dos Frutos Silvestres exportou no ano passado cerca de 215 mil euros de mirtilos e framboesas. A cooperativa constituída em 2017, que representa 50 produtores de 22 concelhos da região centro do País, vendeu para o exterior 90% da produção.

Em declarações à Lusa, o presidente da Capital dos Frutos Silvestres, Nuno Pereira, revelou que cerca de 20% da produção teve como destino a Inglaterra, 10% a Suíça, 50% Espanha, enquanto 10% ficaram no mercado português. No total, a cooperativa vendeu 50 toneladas de mirtilo e sete toneladas de framboesa.

Apesar dos números registados, Nuno Pereira lamenta a “falta de visão” para preparar os próximos anos. “O preço pago ao produtor e a falta de valorização dos biológicos justificam a fatia da produção de frutos vermelhos que fica em Portugal”.

Segundo o presidente da Capital dos Frutos Silvestres, a solução passa por criar convenções com os supermercados portugueses, para que seja prioridade a venda de produtos nacionais.






Fonte: Hipersuper

 
 
20-03-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares