Notícias > Exportações de fruta portuguesa podem seguir para a Costa do Marfim
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Exportações de fruta portuguesa podem seguir para a Costa do Marfim


O Ministério da Agricultura informa que está formalmente aberto mais um mercado para a exportação de fruta portuguesa. A partir de agora, os produtores nacionais de pera, maçã, pêssego, ameixa, citrinos e uva de mesa já podem exportar para a Costa do Marfim.

O mercado da Costa do Marfim representa “um elevado potencial para os produtores e empresas de fruticultura nacional, com cerca de 24 milhões de consumidores”, realça uma nota do Ministério liderado por Luís Capoulas Santos.


Mercados para 150 produtos

Acrescenta a mesma nota que estes mercados abrangem 150 produtos (110 de origem animal e 40 de origem vegetal).

Para o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, “este passo é resultado do fortíssimo investimento na internacionalização por parte deste Governo”.

O governante sublinha ainda o crescimento das exportações portuguesas de hortofrutícolas, registado em 2017 face a 2016, que atingiram um aumento 15%, num montante global de 1.500 milhões de euros no final do ano.


Exportações a crescerem 8%

As exportações do sector agroalimentar, onde se incluem as frutas e legumes, registaram, por sua vez, um crescimento de 8% em 2017, atingindo um montante de 6,6 mil milhões de euros. “Estamos perante uma nova dinâmica exportadora da produção nacional, que evidencia um desempenho notável e alimenta o espírito de otimismo dos exportadores portugueses”, refere Luís Medeiros Vieira.






Fonte: Agricultura e Mar Actual

 
 
17-04-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares