Notícias > Consumo mundial de azeite cresceu 49% nos últimos 25 anos
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Consumo mundial de azeite cresceu 49% nos últimos 25 anos


A produção mundial de azeite, na campanha 2017-2018, aumentou 27%, em relação à campanha anterior, de acordo com o COI – Conselho Oleícola Internacional. A produção em Espanha diminuiu 3%, mas a produção europeia aumentou 22%.

Em Portugal, o volume de azeite produzido na campanha 2017-2018 ultrapassou as 125 mil toneladas, com o azeite a registar elevada qualidade e sendo quase todo classificado como “virgem extra”.


Cotações caem em Espanha

Em Espanha, as cotações a granel continuaram a descer e o mercado esteve praticamente paralisado. Na semana em análise, as cotações do azeite virgem extra a granel (Olimerca) variaram entre o mínimo de 2,60€/kg, nos mercados regionais de Jaén, Córdova, Granada, Extremadura e Toledo, e o máximo de 2,75€/kg no mercado regional de Catalunha.


Transações em Trás-os-Montes

Em Portugal, na semana em análise, foram observadas transações a granel nas áreas de mercado Trás-os-Montes e Ribatejo. A cotação a granel do azeite virgem extra foi de 3,70€/kg (a.m.Trás-os-Montes) e a cotação a granel do azeite virgem foi de 3,00€/kg (a.m. Ribatejo).

No nosso País, as cotações mais frequentes do azeite virgem extra engarrafonado variaram entre o mínimo de 4,50€/litro e o máximo de 5,10€/litro. A cotação mais frequente do azeite biológico manteve-se em 10€/litro na a.m. Alentejo (garrafa de 0,5 litro).


Comércio internacional

Em Portugal, nos primeiros 6 meses da campanha 2017-2018 as exportações de azeite virgem extra e virgem aumentaram 36% em volume e 53% em valor, relativamente ao período homólogo da campanha 2016-2017.

O saldo comercial português em azeite registou um aumento de 180 milhões de euros, nestes primeiros 6 meses da campanha.







Fonte: Agricultura e Mar Actual

 
 
22-05-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares