Notícias > Lares portugueses gastaram mais 3,7% face ao ano anterior
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Lares portugueses gastaram mais 3,7% face ao ano anterior


Dados do Anuário Nielsen demonstram que, no ano 2017, os consumidores portugueses foram mais frequentemente às compras (mais 1,4% face ao ano anterior), representando uma média de 127 vezes por lar.

O gasto médio de cada lar foi de 2.682 euros, com um crescimento de 3,7% comparativamente ao ano de 2016.

Dentro dos mercados alimentares e de bebidas estudados pela Nielsen, destacam-se os congelados, que representam 658 milhões de euros, seguidos dos queijos (477 milhões de euros), vinhos e bebidas refrescantes (ambos com 410 milhões de euros), iogurtes (350 milhões de euros) e leite (263 milhões de euros). Especificamente no sector das bebidas, as cervejas são a categoria mais relevante (702 milhões de euros) nos restaurantes, snacks e cafés (canais INCIM).

Na área de higiene pessoal, evidenciam-se as categorias de papel higiénico (106 milhões de euros) e os champôs (84 milhões de euros). Na categoria de higiene do lar, destaca-se o mercado de detergentes de máquina para a roupa (169 milhões de euros), representando mais do triplo da segunda categoria mais valiosa, os amaciadores para a roupa (53 milhões de euros)[3].

No mercado alimentar, as refeições desidratadas foram a categoria mais dinâmica, registando um crescimento de 38%. Na categoria de bebidas, o mercado de águas foi um dos que mais cresceu, tanto no canal de retalho como nos canais INCIM (mais 11% em ambos).   







Fonte: Grande Consumo

 
 
24-05-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares