Notícias > Abertura do mercado da Coreia do Sul para carne suína brasileira
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Abertura do mercado da Coreia do Sul para carne suína brasileira


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, anunciou, na passada quinta-feira (17), a abertura do mercado da Coreia do Sul para a carne suína brasileira. Maggi, que se encontra em missão oficial na China.

“Com a declaração de país livre da febre aftosa iremos avançar para outros estados brasileiros sem vacinação, em breve. É um mercado de US$ 1,5 bilhão por ano", comemorou o ministro. Maggi viajou sábado para Paris para receber da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) o certificado de país livre da febre aftosa com vacinação.

As negociações com a Coreia do Sul para exportação de carne suína foram iniciadas em setembro de 2016 durante a visita do ministro Blairo Maggi ao país. E prosseguiram em fevereiro deste ano com a visita da missão chefiada pelo secretário-executivo Eumar Novacki. Missões técnicas coreanas foram enviadas ao Brasil para habilitação dos frigoríficos. A expectativa do setor é de que o Brasil exporte para a Coreia do Sul mais de 30 mil toneladas de carne suína por ano.

O ministro Blairo Maggi reuniu-se, na  quinta-feira passada, mais uma vez, com o ministro do Comércio da China, Zhong Shan, e o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes Ferreira, para tratar de questões comerciais entre os dois países.

Segundo Maggi, foi discutida a necessidade de diversificação da pauta exportadora brasileira para a China, bem como a importância estratégica do comércio bilateral. Ficou decidido que será formado imediatamente um grupo de trabalho para discutir as medidas de proteção de mercado que têm afetado o comércio de ambos os lados.

Blairo Maggi também participou da abertura da Sial China em Xangai, uma das maiores feiras de alimentos do mundo. O Brasil compareceu ao evento com a presença de muitas empresas agropecuárias. O ministro disse ter ficado satisfeito com a representação brasileira e avisou: “Quem não se faz presente não é lembrado”.








Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

 
 
24-05-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares